Festival de Cinema de Nova Iorque

 In Cinema

Ah, Nova Iorque, a cidade que nunca dorme! Vocês acham que eles iam dormir em relação ao cinema? Desde 1963, a grande cidade traz aos olhos do público o Festival de Cinema de Nova Iorque. Diferente de muitos, o evento não é competitivo e este ano está na sua 56º edição e vem trazendo lindas novidades. O festival é uma das principais vitrines para os filmes de arte; será realizado no Lincoln Center, e começa no dia 28 de Setembro se estendendo até 14 de Outubro.

O Festival de Cinema de Nova Iorque trará o que há de melhor no cinema local e mundial, envolvendo novos talentos e os já renomados cineastas. Nas seções do festival, além dos filmes, você também entrará palestras com autores, painéis de discussões, projeções avant-garde, eventos especiais e muito, muito mais. Quer sentir um pouquinho do que esta edição vai trazer? 60 segundos, uma dose de filmes, uma dose de cinema para descobrir. Assista esse trailer que o festival divulgou.


Um pouco dos filmes do Festival de Cinema de Nova Iorque

Além das estreias, tanto mundiais quanto de Nova Iorque, que o festival apresentará, ele também trará os filmes que fizeram sucesso nos festivais de Berlim, Toronto, Sundance e Cannes. Cerca de 22 países diferentes apresentando grandes títulos para abrilhantar o mercado da cinematologia.

Dentre as obras que serão apresentadas, há destaque para o filme português “Diamantino”, de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt. Ele só chegará aos cinemas portugueses em novembro, mas terá sua estreia na abertura da sessão “Projections” do festival de Nova Iorque, a qual é destinada aos filmes experimentais e mais inovadores. Na mesma sessão serão exibidos o curta experimental “Sombra Luminosa”, de Francisco Queimadela e Mariana Caló; e “Rei Sol”, longa do realizador Albert Serra coproduzida por Portugal.

O festival traz mais uma novidade, o filme “A Family Tour”, dirigido por Ying Liang. O diretor chinês, apesar de ser um dos maiores cineastas vivos, nunca teve um dos seus filmes exibido no Festival de Cinema de Nova Iorque, até agora. “A Family Tour” é ambientado em Taiwan e é um drama baseado na própria situação de Ying: uma história de conflito pessoal e urgência artística.

Para fechar, “Her Smell”, obra independente do americano Alex Ross Perry. Ele é ambientado na década de noventa e com a atuação da incrível Elisabeth Moss; que interpreta uma estrela do rock em processo conflituoso.

Este é um dos melhores festivais do mundo e caso você tenha se interessado, deixe seu comentário e até a próxima!

 

Recent Posts

Leave a Comment

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text. captcha txt